Técnico do Londrina, Adilson Batista marcou época no Cruzeiro; relembre as passagens

Adilson disputou final de Libertadores e esteve no ano do rebaixamento do Cruzeiro - (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)


O técnico do Londrina, próximo adversário do Cruzeiro, é um velho conhecido do torcedor mineiro. Adilson Batista defendeu a camisa estrelada em três oportunidades, sendo a primeira delas como jogador, entre os anos de 1989 e 1993, e as duas últimas na condição de treinador.

Dentro de campo, durante quatro temporadas, Adilson fez 162 partidas e marcou 15 gols. Ex-zagueiro, conquistou duas Supercopas da Libertadores e duas edições do Campeonato Mineiro.

Entretanto, para o torcedor celeste, as passagens como treinador são, certamente, mais marcantes. Nessa condição, Adilson Batista defendeu o escudo celeste por duas vezes, entre os anos de 2008 e 2010, e mais recentemente, em 2019-20.

Na primeira, o treinador conquistou dois Campeonatos Mineiro e participou da final da Libertadores, em 2009. Naquele ano, entretanto, o Cruzeiro foi derrotado pelo Estudiantes, da Argentina, no Mineirão.

A segunda passagem foi, talvez, igualmente marcante, mas de forma negativa. Com Adilson Batista no comando técnico, o Cruzeiro conheceu o primeiro rebaixamento de sua história, em 2019. Ao todo, como treinador, foram 184 partidas e 100 vitórias de Adilson pela Raposa.