Títulos públicos agora podem ser comprados via Pix e em cinco minutos

A partir de hoje, os títulos públicos do Tesouro Direto podem ser comprados por Pix e em menos de cinco minutos - sem ter que ir ao banco ou à corretora. O governo federal criou uma ferramenta, chamada Cad&Pag, que une o cadastro simplificado com o recente meio de pagamento.

O sistema cruza dados do Tesouro Direto, do Gov.br e das instituições financeiras, o que agiliza o cadastro das informações pessoais. De acordo com o Tesouro, as novas funcionalidades tornam possível a realização de investimentos em menos de cinco minutos.

Para poder acessar o Tesouro Direto o investidor terá que ter pelo menos o padrão Prata de confiabilidade. Caso não possua, será encaminhado para o Gov.br para complementar a sua conta com informações adicionais.

O Tesouro Direto é um Programa do Tesouro Nacional, lançado em 2002, para a venda de títulos públicos federais para pessoas físicas. Atualmente, o programa tem mais de dois milhões de investidores ativos e no mês de outubro de 2022, alcançou pela primeira vez o patamar de R$ 100 bilhões de estoque.