Tóquio declara estado de emergência em razão de aumento dos casos da Covid-19

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, declarou um novo estado de emergência em Tóquio e cidades vizinhas, em razão do aumento de casos da Covid-19 na região. Pela primeira vez desde o início da pandemia, o Japão ultrapassou a marca de 5.000 infecções diárias, a maioria das quais na capital. De acordo com a televisão estatal NHK, diversas cidades do país registraram recordes diários da doença nos últimos dias. "Estou muito alarmado com a situação grave em todo o país recentemente, já que o número de pacientes tem sido extremamente alto", disse o primeiro-ministro Suga nesta quinta-feira (7), após reunião com um painel de especialistas. O governo impôs novas restrições ao horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais não essenciais, além de solicitar aos cidadãos japoneses que permaneçam em suas casas. A medida deve permanecer em vigor até o dia 7 de fevereiro. A Olimpíada de Tóquio, adiada de 2020 para 2021 por conta da pandemia do coronavírus, está prevista para acontecer entre os dias 23 de julho e 8 de agosto deste ano.