Tóquio ultrapassa 30.000 casos diários de Covid pela primeira vez na pandemia

Mulher usando máscara de proteção em restaurante a céu aberto durante pandemia de Covid-19 em Tóquio

TÓQUIO (Reuters) - Novos casos de coronavírus na capital do Japão atingiram um recorde nesta quinta-feira, ultrapassando 30.000 pela primeira vez desde o início da pandemia, o que levou as autoridades a pedir mais vigilância.

As 31.878 novas infecções de Tóquio superaram em muito a máxima anterior em fevereiro, e muitas outras regiões também relataram níveis altos. A contagem nacional de quinta-feira de 186.229 novas infecções foi um recorde.

Apesar de poucos casos graves e mortes, as autoridades alertaram que os hospitais estavam começando a sentir a pressão do aumento dos números.

"Precisamos ficar de olho na situação da infecção, incluindo a questão do acesso a serviços médicos, com vigilância máxima", disse o secretário-chefe do gabinete, Hirokazu Matsuno, em entrevista coletiva regular.

Novas infecções por Covid-19 em todo o país foram as mais altas já registradas, acrescentou.

Apesar do aumento, autoridades, incluindo o primeiro-ministro Fumio Kishida, não determinaram novas restrições. Quase todos os japoneses ainda usam máscaras em locais fechados, e muitos também as usam fora, enquanto a maioria das lojas as exige.

Os moradores de Tóquio disseram que o aumento é preocupante.

"Acho realmente chocante que sejam mais de 30.000", afirmou Ai Okamura, funcionário de escritório de 30 anos. "Porque eu moro com minha avó, isso me faz sentir muito mais cauteloso."

(Reportagem de Elaine Lies, Kiyoshi Takenaka e Tom Bateman)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos