Taís Araújo relata desentendimento com Walcyr Carrasco ao negar-se a fazer cena de sexo

·1 min de leitura

Na edição desta segunda-feira (15) do programa "Roda Viva", da TV Cultura, a atriz Taís Araújo era uma das entrevistadoras da convidada da noite, Zezé Motta. As duas já interpretaram a figura histórica Xica da Silva — Zezé no filme de Cacá Diegues em 1977 e Taís na novela de Walcyr Carrasco, em 1997, na TV Manchete — e Araújo surpreendeu ao revelar um conflito que teve com o autor da trama ao negar-se ao fazer uma cena de sexo na novela em questão.

"A nossa vida se cruza em alguns momentos, e eu vou começar pela nossa amada Xica da Silva. Xica foi retratada muitas vezes pelo lado erótico. Quando eu fui fazer, no momento em que me neguei a fazer uma cena de sexo anal, Walter Avancini e Walcyr Carrasco foram publicamente dizendo que eu estava transformando a Xica da Silva numa Maria Chiquinha", disse antes de perguntar a visão de Zezé sobre quem foi Xica da Silva.

Ao responder à questão, Zezé se mostrou chocada com a história de Taís. "Meu Deus do Céu! Sabe que essa história que você contou eu nunca soube?", e continou. "(Xica) Foi uma mulher fantástica, empoderada, corajosa, à frente do seu tempo... E ela dá muita sorte para quem representa ela. Já percebeu?", brincou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos