Tailândia se prepara para acelerar vacinação contra Covid-19 e espera aprovar doses da Moderna

·1 minuto de leitura

Por Orathai Sriring e Panarat Thepgumpanat

BANGKOK (Reuters) - A Tailândia espera oferecer vacinas da Moderna à maioria da sua população em breve, acelerando a sua campanha de vacinação contra Covid-19, afirmou uma autoridade sanitária neste sábado.

A campanha mais recente chega em meio a críticas do público pela lentidão da distribuição de vacinas do governo, em 1,73 milhão de doses até agora - menos de 1% da população.

Autoridades sanitárias ainda não começaram a vacinação em massa, mesmo com o país que depende do turismo sofrendo com uma terceira onda de infecções.

O governo espera que 61 milhões de doses da AstraZeneca sejam produzidas localmente a partir de junho. Mas essas vacinas e as da Moderna não serão oferecidas de graça.

Mês passado, a Moderna entrou com um pedido de registro para sua vacina na Tailândia, que deve ser aprovado em breve, disse Withoon Danwiboon, chefe da Organização Farmacêutica do Governo.

"O que esperamos da Moderna é o compromisso de quão cedo conseguirão trazer as vacinas", disse.

O Bharat Biotech, da Índia, começou o processo para registrar a sua vacina, enquanto a Sinopharm da China ainda não entrou com o pedido, disse.

A Tailândia até agora aprovou as vacinas do Sinovac Biotech, AstraZeneca e Johnson & Johnson).

(Orathai Sriring e Panarat Thepgumpanat)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos