Talento que marca o mundo: Abel Ferreira recebe prêmio da Liga Portuguesa

·1 min de leitura

Bicampeão da Libertadores com o Palmeiras, o técnico Abel Ferreira ganhou uma homenagem em sua terra natal. A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) concedeu-lhe o prêmio "Talento que marca o mundo de novembro". A condecoração homenageia talentos portugueses que fazem grandes trabalhos no exterior.

Recém-criada, a premiação teve como primeiro homenageado o atacante Cristiano Ronaldo. Os vencedores são escolhidos por "embaixadores da Liga". Na publicação, a LPFP destaca que o alviverde de Abel fez história ao vencer a Libertadores pela segunda vez consecutiva "num jogo emotivo".

— Abel Ferreira é um treinador que muito tem dignificado o futebol português e que muita falta faz ao nosso futebol. Venceu este ano, pela segunda vez consecutiva, a mais apetecível competição sul-americana, a Libertadores, voltando a dar provas de ser um Talento que marca o Mundo. Os seus feitos falam por si. Está de parabéns pelo muito que tem conquistado com o seu esforço e dedicação, sendo um exemplo a seguir pela nova geração de treinadores, na qual ele próprio se integra — diz Pedro Proença, presidente da Liga.

O técnico, que recebeu pessoalmente a premiação, dividiu a conquista com sua comissão técnica e lembro de outros treinadores portugueses que foram ao mercado internacional e abriram portas a sua geração.

— Falando diretamente de Futebol, temos os melhores do mundo e é um grande orgulho e um privilégio receber este prêmio. Agradeço, também, aos Embaixadores que, de forma unânime, decidiram esta nomeação — disse o treinador do Palmeiras.

Em sua primeira entrevista coletiva, a nova presidente do Palmeiras, Leila Pereira, afirmou que Abel permanecerá no clube e cumprirá seu contrato, que vai até 2022 e tem possibilidade de renovação para 2023.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos