Talibã se aproxima de fechar contrato de compra de gasolina da Rússia

Por Mohammad Yunus Yawar e Charlotte Greenfield

CABUL (Reuters) - O governo do Talibã está na fase final de negociações em Moscou sobre os termos de um contrato para a compra de gasolina e benzeno da Rússia para o Afeganistão, disseram autoridades afegãs à Reuters.

Habiburahman Habib, porta-voz do Ministério da Economia do Afeganistão, confirmou que uma delegação oficial presidida pelo Ministério do Comércio estava na capital russa e finalizando os contratos de fornecimento de trigo, gás e petróleo.

"Eles estão em negociação com a parte russa", disse ele em uma mensagem à Reuters, acrescentando que mais detalhes serão compartilhados assim que os contratos estivessem finalizados.

Uma fonte do escritório do Ministro do Comércio e Indústria do Afeganistão disse à Reuters que funcionários técnicos de seu ministério e do Ministério das Finanças haviam ficado em Moscou para trabalhar nos contratos depois de uma visita de uma delegação ministerial neste mês.

"Estamos trabalhando no texto do contrato, estamos quase acertados em relação à gasolina e ao benzeno", disse o funcionário, acrescentando que eles esperam concluir a negociação em breve.

Os porta-vozes dos ministérios das Relações Exteriores e da Energia da Rússia não responderam aos pedidos de comentários.