'Talvez o sexo seja um dos meus vícios mais fortes', diz Tonico Pereira

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 25.08.2018 - O ator Tonico Pereira. (Foto: Rafael Hupsel/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 25.08.2018 - O ator Tonico Pereira. (Foto: Rafael Hupsel/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Tonico Pereira, 72, disse em entrevista ao jornal O Globo que está bem após vários problemas de saúde, sobre a retirada de uma prótese peniana e que o sexo é um dos seus vícios mais fortes. "Gosto muito. Talvez o sexo seja um dos meus vícios mais fortes. Para mim, não é doença, é saudável", disse o artista.

No entanto, apesar de ter superado quatro cânceres, Tonico falou admitiu que não conseguiu parar de fumar e que de dois meses para cá teve três diverticulites e ao menos 20 pneumonias. "Tenho DPOC [doenças pulmonares que bloqueiam o fluxo de ar } sou diabético e trombose ativa. Não sei como supero tudo isso", afirmou.

O ator falou ainda de uma prótese peniana que precisou retirar porque ela foi vencida pela diabetes. "Tive que correr para o hospital para tirá-la. Mas ela era maravilhosa", disse. Tonico afirmou que hoje tem uma prótese média, mas tem a garantia de outra. Ele revelou que o médico cobrou R$ 25 mil para fazer a operação. "Quase que falei: "Doutor, eu que vou cobrar para o senhor botar a mão no meu pau".

Vacinado contra Covid no dia 27 de março, o ator disse que está frustrado porque a vacina não chegou para todos. Ele lamentou a morte da ex-mulher, mãe de suas filhas, há dois meses. Ela tinha câncer, mas morreu de Covid-19.

"Frustrado porque a vacina ainda não é para todo o mundo. Prefiro eu morrer do que as pessoas ao meu lado, porque não tenho mais lágrimas ", lamenta.