Talvez Trump veja pessoalmente a SpaceX lançar astronautas da NASA neste mês

Daniele Cavalcante

Embora o lançamento no próximo dia 27 seja um acontecimento histórico, a NASA pediu para que o público não compareça no Centro Espacial Kennedy, na Flórida. É que a agência espacial entende que as medidas preventivas contra a pandemia de COVID-19 devem ser mantidas. O presidente Donald Trump, no entanto, pretende acompanhar tudo pessoalmente.

Trump disse a repórteres na Casa Branca, na última quinta-feira (21), que ele pode voar para o Centro Espacial Kennedy para assistir ao lançamento. "Espero que todos vocês se juntem a mim", disse enquanto se dirigia a Michigan para visitar uma fábrica da Ford, que agora está fabricando ventiladores para ajudar a combater a pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-19). "Eu gostaria de colocar todos vocês no foguete e me livrar de vocês por um tempo", brincou.

A NASA não lança seus astronautas ao espaço em veículos norte-americanos desde 2011, quando o programa de ônibus espaciais foi cancelado, dependendo do transporte russo desde então. Por isso, este lançamento é tão importante. A missão Demo-2 da SpaceX lançará os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley à Estação Espacial Internacional (ISS), sendo este também o primeiro voo tripulado da companhia fundada por Elon Musk.


O lançamento promete ser um verdadeiro evento. A NASA criou uma página especial para fornecer alguns detalhes sobre a missão e a SpaceX lançou um simulador de controle da nave Crew Dragon, para que usuários possam experimentar um pouco como é acoplá-la manualmente na ISS. E a presença do presidente da república apenas destaca ainda mais a importância da missão - além de adicionar peso sobre a NASA e a SpaceX para que tudo seja impecável, sem riscos de contaminação do novo coronavírus SARS-CoV-2.

Isso também destaca o apoio que o presidente da nação tem oferecido à NASA e aos programas espaciais, em especial os planos de voltar à Lua. Ele também demonstrou seu apoio quando conversou pessoalmente com as mulheres a realizarem a primeira caminhada espacial exclusivamente feminina da história.

Esta missão decolará em um foguete Falcon 9 do Pad 39A, que fica no Complexo 39 de lançamento do Centro Espacial Kennedy. Os astronautas estarão dentro da nave Crew Dragon, que deve se separar do veículo de lançamento quanto estiver no espaço e chegar à ISS cerca de 19 horas depois. Ainda não se sabe ao certo quanto tempo eles ficarão por lá - isso vai depender das condições gerais da nave e da missão durante a estadia na estação.

Fonte: Canaltech