Tapas no rosto combatem o envelhecimento?

Mulher faz skin care (Foto: Getty Creative)
Imagem ilustrativa (Foto: Getty Creative)

A nova moda no TikTok são vídeos em que influenciadores – e aspirantes a – dão tapas no próprio rosto. O objetivo seria retardar o envelhecimento da pele. Mas será que a técnica funciona?

“Do ponto de vista dermatológico, o tapa em qualquer região do corpo não é maléfico quando não se coloca muita força no ato. Inclusive tapinhas leves fazem parte de algumas terapias estéticas. Beliscões suaves também são muito utilizados”, explica a dermatologista Mônica Aribi, sócia efetiva da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e International Fellow da Academia Americana de Dermatologia.

Mulher faz skin care (Foto: Getty Creative)
Imagem ilustrativa (Foto: Getty Creative)

Tapas em prol do colágeno?

A médica conta que o impacto dos tapas no rosto pode gerar produção de colágeno (proteína produzida pelo organismo e que é responsável pela elasticidade e resistência da pele). Ainda que esse seja um efeito desejado quando o assunto é manter-se com a aparência jovem, a dermatologista não recomenda a “técnica”.

“O problema é que em algumas pessoas com a pele mais sensível, se o tapa não for bem levinho, pode arrebentar vasinhos sob ela e causar hematomas. O hematoma conforme sua gravidade pode também manchar a pele por hemossiderina, que é um pigmento que só pode ser apagado da pele com o uso de laser”, conta.

Colágeno nos alimentos

Antes dessa onda de tapas virar moda, Mônica conta que brincou no Instagram que, para aumentar o colágeno, valia até topar tapa na cara. “Mas não vale. Do ponto de vista emocional, é ultrajante. Existem maneiras melhores de estimular a produção da substância”, afirma.

Uma delas é melhorar a alimentação. Existem alimentos que são fontes de colágeno, como frango, clara de ovo, frutas cítricas e tropicais, lentilha e feijão. Dito isso, coma melhor e nada de tapa em você nem ninguém.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos