Tarcísio cresce 11 pontos entre bolsonaristas e Haddad, 4 entre lulistas, diz Datafolha

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 23.08.2022 - O candidato do Republicanos ao Governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 23.08.2022 - O candidato do Republicanos ao Governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Tanto Tarcísio de Freitas (Republicanos) quanto Fernando Haddad (PT) melhoraram seus desempenhos no Datafolha entre os eleitores de seus padrinhos, os presidenciáveis Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT), respectivamente.

O ex-prefeito, que tem 35% na média estadual, salta para 64% entre os eleitores de Lula. Em agosto, tinha 38% no total e 60% entre os lulistas.

O ex-ministro consegue uma arrancada ainda maior em relação à última pesquisa. Pula de 21% no total para 47% entre os bolsonaristas. No passado, os números eram 16% e 36%. Só entre quem vota no presidente, o crescimento foi de 11 pontos percentuais.

Já Rodrigo Garcia (PSDB) salta de 15% na média do estado para 38% entre os eleitores de Simone Tebet (MDB), cuja vice é tucana. Na pesquisa anterior, ele tinha 11% das intenções de voto, mas crescia para 33% entre os tebetistas.

Tarcísio também pega carona no voto evangélico. No levantamento, alcança 26% desse eleitorado na pesquisa estimulada, um crescimento de seis pontos percentuais em relação a agosto, e alcança empate técnico com Haddad, com 28%. Na espontânea, lidera com 15% dos votos.

A nova pesquisa capta o efeito do início da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV, que começou a ser veiculada na sexta-feira (26). Foi contratada pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo, ouviu 1.808 pessoas em 74 cidades do estado de terça-feira (30) a quinta-feira (1°). A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número SP-04954/2022.