Tarcísio elogia bandeirantes e Bolsonaro em discurso com tom patriótico

***ARQUIVO*** SÃO PAULO/ SP, BRASIL, 23-08-2022: O candidato ao governo de SP, Tarcisio de Freitas e o  presidente Jair Bolsonaro participa da abertura do Congresso Aço Brasil no (Hotel Unique (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO/ SP, BRASIL, 23-08-2022: O candidato ao governo de SP, Tarcisio de Freitas e o presidente Jair Bolsonaro participa da abertura do Congresso Aço Brasil no (Hotel Unique (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O candidato do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), elogiou os bandeirantes e o chefe do Executivo em seu discurso de tom patriótico na avenida Paulista, na tarde desta quarta (7).

"Hoje é dia de fazer uma viagem na história", disse o ex-ministro da Infraestrutura no início de sua fala, feita do alto do caminhão de som contratado pelo grupo Nas Ruas. Ele também lembrou figuras como Frei Caneca e dom Pedro.

"É dia de relembrar nossos heróis. Daqueles que afastaram invasões francesas, holandesas", acrescentou Tarcísio. "Os nossos bandeirantes, que ajudaram a termos o território de hoje", emendou, sobre os responsáveis por incursões pelo território paulista conhecidas como Bandeiras. Bandeirantes como Anhanguera, Fernão Dias e Borba Gato hoje são símbolos paulistas homenageados com nomes em rodovias e em uma estátua.

Em sua fala, o ex-ministro disse que o Brasil hoje "é o único país do mundo que está gerando emprego" e "que está conseguindo combater a inflação".

"Um país que teve condução firme e forte do presidente comprometido com seu povo, que trouxe de volta o verde e o amarelo, os valores da família", discursou. "Independência não é simplesmente uma palavra. É uma questão de atitude, um modo de vida", disse.

Tarcísio encerrou o seu discurso unindo o slogan bolsonarista atual com o mote da campanha de Bolsonaro em 2018. "Como diria o capitão do povo que vai vencer de novo: Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!".