Tarcísio de Freitas recebe apoio de empresário alvo de inquérito das fake news

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 25.03.2022 - O pré-candidato ao Governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos). (Foto: Jardiel Carvalho/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 25.03.2022 - O pré-candidato ao Governo de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos). (Foto: Jardiel Carvalho/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Escolhido por Jair Bolsonaro (PL) para disputar o Governo de São Paulo, o ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) recebeu nesta segunda-feira (9) o apoio do diretório paulista do PTB por meio de seu presidente, Otávio Fakhoury.

O empresário é investigado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) no inquérito das fake news, acusado de financiar um esquema de disseminação de notícias falsas a respeito de tratamentos sem eficácia contra a Covid-19 e de ataques a críticos e pessoas com as quais Bolsonaro se indispôs, como ministros do Supremo.

"Queremos anunciar que oficialmente o PTB-SP e nossos trezentos e poucos pré-candidatos, nossa executiva e nossos filiados, estamos todos hoje fechando apoio oficial à campanha do ministro Tarcísio. Queremos entrar nesse navio e ajudar a remar", disse Fakhoury, em vídeo.

"Fico muito honrado com mais essa força política com tanta tradição e tanto alinhamento com o projeto do presidente Bolsonaro ingressando nesse projeto que, tenho certeza, será vitorioso aqui em São Paulo", respondeu Tarcísio.

O ex-ministro da Infraestrutura tem adotado estratégia de se manter afastado de bolsonaristas mais radicais, comportamento que foi interrompido com a gravação de vídeo ao lado de Fakhoury.

A disputa pelo Governo de SP já conta com um representante mais afinado com a visão de mundo do bolsonarismo radical, o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub (PMB).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos