Tarcísio se reúne com Gore para 'aprender' sobre questões ambientais

*ARQUIVO* SAO PAULO, SP, BRASIL, 01/01/2023 - o governador Tarcisio de Freitas na cerimonia de posse como governador de Sao Paulo realizada no Palacio dos Bandeirantes. Coluna Monica Bergamo. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)
*ARQUIVO* SAO PAULO, SP, BRASIL, 01/01/2023 - o governador Tarcisio de Freitas na cerimonia de posse como governador de Sao Paulo realizada no Palacio dos Bandeirantes. Coluna Monica Bergamo. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)

DAVOS, SUIÇA (FOLHAPRESS) - O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), reuniu-se nesta quinta-feira (19) com o ex-vice-presidente americano e Nobel da Paz Al Gore, referência mundial no debate sobre o aquecimento global.

O encontro foi solicitado por Tarcísio. Segundo ele, para perguntar a Gore se o estado está "dando os passos corretos" e mostrar o compromisso de sua gestão com a proteção ambiental.

Indagado pela Folha se a intenção era mostrar aos atores internacionais que seu governo era diferente do de Jair Bolsonaro (PL) na questão ambiental, disse que "não está tentando mostrar nada, e sim aprender".

Em 2020, também em Davos, Gore se envolveu em um quiproquó com Paulo Guedes, então colega de Tarcísio no ministério de Bolsonaro, após o titular da Economia dizer que o desmatamento no Brasil era propelido pela pobreza. Com Tarcisio o clima foi outro.

"A gente é movido pelo pragmatismo, quero mostrar resultado, vamos falar com quem entende muito desse assunto", afirmou o governador, que promete "parcerias com organismos internacionais para analisar a repercussão da mudança climática em nossos projetos ".

Além de Gore, Tarcisio também se reuniu com Jennifer Morgan, secretária de Estado da Alemanha e responsável por ações climáticas.