Tarde demais? CBF admite erro em metade das reclamações com o VAR

·2 min de leitura
CBF admite que precisa melhorar procedimentos do VAR. Foto: Miguel Schincariol/Getty Images
CBF admite que precisa melhorar procedimentos do VAR. Foto: Miguel Schincariol/Getty Images

Já na reta final do Campeonato Brasileiro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) admitiu erros em pelo menos metade dos jogos que tiveram reclamações dos clubes durante a competição.

Além disso, a entidade entende que é necessário fazer ajustes no VAR. Tudo isso está relatado em um relatório da ouvidoria da CBF, organismo que atua independente da comissão de arbitragem e só é acionado quando um clube faz uma reclamação formal à entidade que fica obrigada a dar um parecer sobre a procedência do protesto.

Leia também:

Como esse documento só passou a ser divulgado em novembro, fica evidente que as reclamações estão mais acintosas na reta final do Brasileirão. As falhas contra o Bahia, diante de Flamengo, Juventude e São Paulo e um pênalti não marcado para o Grêmio diante do América-MG, foram considerados erros graves.

Porém outros jogos que registraram polêmicas foram ignorados pelo órgão, casos de Flamengo x Chapecoense, Flamengo x Athletico-PR, e Bahia x Cuiabá. A ouvidoria justifica que nesses casos os clubes não acionaram a entidade e por isso não foram casos analisados.

Sobre o VAR erros como não analisar os lances por completo e erros de comunicação entre a equipe que fica na cabine e o árbitro de campo, foram chamados falhas de procedimento.

Apesar de reconhecer os problemas, a CBF entende que existe a necessidade de ajustes no árbitro de vídeo, mas há a compreensão de que é natural do processo. O VAR tem três anos de implantação no Brasileiro da Série A.

Uma das primeiras mudanças da CBF para tentar melhorar a credibilidade das arbitragens foi a demissão de Leonardo Gaciba, que era o chefe da comissão de arbitragem. Esse deve ser só um dos primeiros passos em relação a uma reformulação na arbitragem nacional para a próxima temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos