Tarifas de ônibus, metrô e trens de SP subirão para R$ 4,40 a partir de 1º de janeiro

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 10.01.2019: Movimento Passe Livre durante protesto contra o reajuste da tarifa de ônibus, trem e metrô, em São Paulo. A tarifa passou de R$ 4,00 para R$ 4,30. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A passagem do ônibus, metrô e trens será reajustada para R$ 4,40 a partir de 1º de janeiro do próximo ano, segundo nota conjunta das gestões municipal de Bruno Covas (PSDB) e estadual de João Doria (PSDB) 

De acordo com o comunicado, as novas tarifas foram encaminhadas nesta sexta-feira (20) para os presidentes da Câmara Municipal e para a Assembleia Legislativa. 

O reajuste será de 2,33%, abaixo da inflação. Se for seguir o IPCA, com inflação acumulada de 3,27%, o novo preço da passagem seria de R$ 4,44. 

A nota conjunta afirma ainda que as atuais gratuidades serão mantidas. Todos os dias 8,3 milhões de passageiros são transportados nas 13 linhas disponíveis metrô e CPTM e 8,8 milhões nos ônibus da capital.

Na quinta (19), o secretário municipal de Transportes, Edson Caram, havia apresentado a proposta ao CMTT (Conselho Municipal de Transportes e Trânsito), mas ainda faltava a palavra final do prefeito. 

Caram afirma que a proposta foi pensada levando em conta forte redução do subsídio para o sistema de ônibus no próximo ano. "Para isso, serão necessárias readequações não só no sistema como fazer a reposição", disse o secretário.