Tatá Werneck tenta plano de saúde para Marcos Oliveira, o Beiçola de 'A grande família', e já ajudou outras pessoas

Tatá Werneck está tentando um plano de saúde para Marcos Oliveira, ator que interpretou o pasteleiro Beiçola de "A grande família". A apresentadora do "Lady nigth" ficou bastante sensibilizada com o apelo que o artista, de 69 anos, fez nas redes sociais no último sábado, e mandou uma mensagem privada para ele oferecendo ajuda. Os dois trabalharam juntos na novela "Deus salve o Rei", em 2018.

"Ela está me ajudando com os médicos, tentando ver se consegue um plano de saúde para mim", informou Marcos.

Vale lembrar que Tatá sempre é muito generosa com quem precisam de ajuda. Foi o que aconteceu com Mabel Calzolari, atriz que morreu em junho do ano passado, aos 21 anos, vítima de uma doença rara que provoca inchaço na medula.

Na ocasião, Tatá arcou com as despedas do velório da jovem (que custou R$ 15 mil) e alugou um apartamento na Zona Sul do Rio para a mãe dela morar perto do neto, que vive com o pai.

Tatá também costuma sempre contribuir em várias vaquinhas virtuais para arrecadar dinheiro para as causas sociais, como as famílias das vítimas do Covid-19. Ela também fez doação em dinheiro para ajudar o ex-BBB Lucas Panteado comprar a casa da mãe e contribuiu na vaquinha para a trans Juju Oliveira retirar o silicone industrial que tem no rosto.

A mãe de Tatá falou da generosidade da filha no último "Domingão" comk Huck.

"As pessoas te elogiam sempre muito, mas eu penso que elas sabem pouco de você. Você é a pessoa mais conectada com a humanidade que eu conheço", disse Claudia Werneck ao fazer uma homenagem à filha durante o programa.

'Preciso de dinheiro para comer', diz ator

Ao EXTRA, Marcos explicou que está fazendo um tratamento pelo SUS e que precisa fazer uma cirurgia da fístula que tem na ureia. Ele disse que, a princípio, está precisando urgentemente de dinheiro para pagar as contas da casa onde mora, no Rio, e para comprar comida. O ator está sem trabalhar desde dezembro por conta de problemas de saúde.

"Preciso de dinheiro para sobreviver, pagar o meu aluguel e dar comida para as minhas três cachorras", disse ele, divulgando um número para doação em Pix (Cel.:21 99915-8560 em nome de Antonio Marcos de Oliveira).

"Quero voltar a trabalhar. Preciso de qualquer ajuda para comprar comida", pediu (assista ao vídeo abaixo).

Em dezembro, Marcos esteve internado no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio, tratando de um problema na urina.

“Estou precisando muito de ajuda. A coisa está barra pesada. Estou esperando para fazer a minha cirurgia da fístula que eu tenho na uretra, mas estou com a glicemia muito alta. Tenho marcado endocrinologista agora para o dia 7 e estou precisando de ajuda. Não é muito, mas se puderem me ajudar, eu vou agradecer muito, porque só estou eu e as minhas cachorras”, disse ele, em um vídeo postado no Instagram.

Em junho do ano passado, o ator veio a público revelar que estava passando dificuldades financeiras por conta da pandemia e vinha, desde fevereiro, contando com a caridade de amigos para comprar comida, remédios (para diabetes e para o coração) e pagar o aluguel.

Na ocasião, amigos fizeram uma vaquinha virtual e arrecadarem mais de R$ 66 mil para ajudá-lo.

Marcos explica que passou um ano e meio vivendo do dinheiro que recebeu por conta da reprise do seriado "A grande família", mas a grana acabou em fevereiro do ano passado. O artista diz que se não fosse a ajuda de amigos não teria nem o que comer.

"Fiquei sem dinheiro até para comprar comida. Ganhei duas cestas básicas de uma amiga produtora. Alguns amigos me ajudaram a comprar comida para mim e para as minhas cachorros. Consegui ajuda de amigos para pagar aluguel”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos