Tatá Werneck chegou aos 40 kg após morte de Paulo Gustavo: "Não conseguia comer"

·1 minuto de leitura
A apresentadora abriu o coração (Foto: Reprodução/Instagram/@tatawerneck)
A apresentadora abriu o coração (Foto: Reprodução/Instagram/@tatawerneck)

Tatá Werneck respondeu o comentário de uma seguidora que afirmou que ela deveria ganhar peso. A apresentadora não se incomodou com a intromissão e aproveitou para contar algo mais íntimo. Segundo ela, a morte de Paulo Gustavo a deixou tão deprimida que a perda de peso foi instantânea. 

"Consegui ganhar dois quilos agora, graças a Deus. Não estou desrespeitando ninguém, sei que cada um tem uma história. Alguns precisam emagrecer por uma questão de saúde, outros precisam engordar. Quando estou triste fico sem fome nenhuma, isso é uma coisa antiga minha", diz ela, que chegou a ficar internada por desidratação com 12 anos.

Leia também:

A atriz conta que passou pela mesma situação com a morte de Paulo Gustavo. "Quando o Paulo morreu cheguei aos 40 quilos. Fiz vários exames para ver se era só emocional. Graças a Deus estava tudo bem e era emocional mesmo. Fiquei sem fome nenhuma, tendo que forçar para comer. Tomando coisas saudáveis... e agora engordei dois quilos", conta.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O que Tatá Werneck diz que mais marcou nesse processo é que mesmo estando deprimida as pessoas a elogiavam pela magreza. "Estar magro não é um elogio. Não é tipo 'nossa, ela está magra'. Como também não é uma ofensa dizer 'ela tá sei lá o quê'. Saudável! A parada é estar saudável!", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos