Tatá Werneck esclarece ausência em homenagem a Paulo Gustavo: "Não consegui"

·2 min de leitura
Tatá Werneck não participou do desfile da São Clemente em homenagem a Paulo Gustavo (Foto: Reprodução/Instagram/@tatawerneck)
Tatá Werneck não participou do desfile da São Clemente em homenagem a Paulo Gustavo (Foto: Reprodução/Instagram/@tatawerneck)

Durante o desfile da São Clemente na Marquês de Sapucaí, na madrugada deste sábado (23), em homenagem a Paulo Gustavo, uma ausência foi sentida: a da atriz e apresentadora Tatá Werneck, que era muito amiga do ator e humorista, morto em maio passado, vítima da Covid-19.

Apesar de ter afirmado que enfrentaria o medo da doença e estaria presente na homenagem, Tatá acabou não participando do desfile: "Por diversos motivos não consegui. Infelizmente, nem sempre as coisas saem como planejamos. Tenho certeza de que o Paulo viu meu esforço", justificou em entrevista à revista Quem. "A São Clemente fez uma linda homenagem e é isso que importa", completou.

Mais Carnaval 2022

A apresentadora apareceu na Sapucaí, conforme registrado em fotos e vídeos divulgados por internautas no Twitter, mas não chegou a deixar o carro. Em suas redes sociais, Tatá já havia falado sobre o receio que tinha de participar do evento, mas faria um esforço para estar na homenagem:

"Hoje é o desfile da São Clemente em homenagem ao Paulo. Eu vivi todas as emoções e medo. Eu não saio, não vou a festas. Muitos me zoaram quando me viram com duas máscaras na cerimônia para o Paulo. Deus tenha piedade dessas pessoas. Vou enfrentar um grande medo para homenagear o meu amigo amado. Tenho certeza que vai ser um espetáculo lindo. Hoje vai ser um dia muito especial", declarou, nos Stories de seu Instagram.

COMO FOI O DESFILE

Com o enredo "Minha vida é uma peça", a São Clemente levou à Sapucaí 3.200 componentes, divididos em 25 alas, cinco alegorias e dois tripés. Assinada pelo carnavalesco Thiago Martins, a apresentação tinha o propósito de retratar a chegada de Paulo ao céu de maneira irreverente.

Momentos da infância e da juventude em Niterói, quando Paulo trabalhou como entregador das quentinhas, até alcançar o estrelato com recordes de bilheteria no cinema, também foram retratados na homenagem. Um dos carros representou o filme “Minha Mãe é uma Peça”, que consagrou o artista junto ao grande público, e a bateria foi vestida de Dona Hermínia, uma alusão ao principal personagem do filme, interpretado pelo ator. Hermínia foi inspirada em Déa Lúcia, mãe de Paulo, que também participou do desfile.

O viúvo, Thales Bretas, e os amigos e colegas de trabalho de Paulo Gustavo, como Monica Martelli, Rafael Infante, Luis Lobianco, Katiuscia Canoro, Catarina Abdala e Pia Manfroni também estiveram na homenagem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos