Taxa de incidência de covid em sete dias na Alemanha atinge nível recorde

·1 min de leitura
Placa indica centro de testes de covid em Berlim (AFP/Tobias SCHWARZ)

A taxa de incidência acumulada nos últimos sete dias, que mede o número de casos de coronavírus a cada 100.000 habitantes, chegou a 201 nesta segunda-feira (8) na Alemanha, um recorde desde o início da pandemia há um ano e meio.

O recorde anterior, de 197,6, era de 22 de dezembro de 2020, segundo o Instituto Robert Koch Institute (RKI) da Alemanha.

A vacinação na Alemanha estagnou abaixo de 70% e as autoridades fazem um apelo para que os alemães procurem os postos de imunização.

"Para os não vacinados há um risco elevado de contágio nos próximos meses", advertiu na semana passada Lothar Wieler, diretor do RKI.

No estado da Saxônia (leste do país), onde a taxa de incidência é de 491,3, mais que o dobro do resultado nacional, as pessoas não vacinadas começam a enfrentar novas restrições a partir desta segunda-feira.

O acesso a restaurantes e outros locais fechados serão restritos a pessoas com vacinação completa ou que consigam comprovar a recuperação da covid-19.

hmn/sea/yad/mba/roc/zm/mas/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos