Taxa de juros no rotativo do cartão de crédito vai a quase 400% ao ano, maior desde agosto de 2017

A taxa de juros no rotativo do cartão de crédito para pessoas físicas ficou em 399,5% ao ano em outubro, divulgou nesta segunda-feira o Banco Central. A taxa é a maior desde agosto de 2017, quando ficou em 428%.

No cheque especial, houve uma ligeira queda na taxa de juros, para 132,5%, contra 134,3% ao ano registrada em setembro.

A inadimplência no crédito livre – ou seja, que não considera recursos direcionados ou subsidiados, como financiamento habitacional – ficou em 4,2%, maior patamar desde agosto de 2018. Esse indicador considera os atrasos nos pagamentos superiores a 90 dias.

Para pessoas físicas, essa taxa de inadimplência foi de 5,9%, a maior desde maio de 2017.