Taxa para e-books na Amazon gera indignação entre autores

Autores criticam Amazon pela cobrança de taxa de entrega para livro virtual (Getty Image)
Autores criticam Amazon pela cobrança de taxa de entrega para livro virtual (Getty Image)
  • Empresa desconta o valor do pagamento de autores independentes;

  • Escritores criticam postura da Amazon ao subtrair a tarifa;

  • Não existe explicação ou justificativa sobre a cobrança.

Se engana quem pensa que escritor ganha muito. Se nas publicações convencionais o pagamento de direitos autorais é baixíssimo, quando se trata de livros virtuais o cenário pode ser ainda pior. Para piorar, a Amazon ainda criou um pagamento de taxa de entrega para publicações digitais.

Quando um autor independente opta por receber royalties de 70%, a plataforma de autopublicação da Amazon cobra um valor para entregar o produto nos dispositivos dos leitores, de acordo com o tamanho do arquivo.

O assunto começou a gerar discussões nas redes sociais quando a autora Thaís Bergmann publicou vídeos no TikTok explicando sobre a cobrança da tarifa. A escritora apontou que o valor era descontado do pagamento de quem utilizava o Kindle Direct Publishing (KDP).

Essa é uma informação de domínio público, que fica disponível na página de preços de livros digitais da plataforma. Ainda é reforçado que essa tarifa é cobrada apenas nessas condições, sendo que autores que escolhem a opção de royalties de 35% não têm esse valor deduzido mensalmente.

Para calcular a cobrança, a empresa multiplica o número de megabytes do arquivo pela taxa de custo da entrega. No Brasil, por exemplo, o valor está fixado em R$ 0,30/MB. É importante ressaltar que a Amazon é a única varejista de e-books que cobra dos editores uma taxa para entregar seus e-books aos compradores.

Mesmo com a explicação genérica na página da companhia sobre o funcionamento e cálculo da taxa, não existe uma explicação oficial na página da plataforma sobre quais encargos são englobados ou por qual motivo esse valor já não estaria deduzido na porcentagem de venda que pertence à Amazon.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos