Taxistas do RJ agora têm linha de crédito exclusiva de até R$ 21 mil na AgeRio

·3 minuto de leitura

A linha de crédito exclusiva lançada no dia 24 pelo governo do Estado do Rio agradou aos taxistas, que têm enfrentado dificuldades financeiras por conta da pandemia de coronavírus. O programa CredTaxi, anunciado pelo governador Cláudio Castro, tem valor máximo de financiamento de R$ 21 mil, carência de até 12 meses e juros de 0,25% ao mês. A iniciativa foi bem recebida pela categoria. O Extra conversou com alguns motoristas que rodam pela cidade e ouviu o que eles têm feito para driblar a crise.

— Com a pandemia o movimento caiu bastante e pra dar conta das despesas e das contas, que não caíram, levo bicho pro petshop, pego criança em escola, faço agendamento de corrida, fico na fila de drive-thru com passageiro para vacinar. Tenho que me virar senão a coisa fica feia — conta Marcelo de Moura, 58 anos, da Tijuca, na Zona Norte do Rio.

Ele explica que, se por um lado consegue pagar as contas, por outro o desgaste do carro é maior e o da vida também. Rindo, Marcelo narra um episódio ocorrido em uma dessas viagens: "fui pegar um cachorrinho pra levar ao petshop e a dona buscaria depois na Barra. Mas não tinha — agora tenho — caixa de transporte. Amarrei a guia no cinto de segurança e fui embora. O bichinho se soltou, pulou em mim, fez xixi no banco. Nunca vi um cachorro tão pequeno fazer um estrago tão grande!"

— Hoje em dia não tenho mais como fazer meu horário de trabalho, agora fico à disposição do passageiro 24h por dia e vamos que vamos! Com a linha de crédito vou poder até mexer no carro para dar mais conforto aos meus clientes — comemora.

Já Daniel Maia, 35, do Irajá, também na Zona Norte, adotou um sistema de fidelização de clientes e fez cadastro em aplicativos de entrega para garantir uma renda no início da pandemia no ano passado. As práticas continuam até hoje.

— Fiz cadastro em aplicativos de entrega, como o Rappi, e levava compras de supermercado e visei atender as pessoas que precisavam de transporte para comprar alguma coisa no mercado, para trabalhar, e com isso fidelizei alguns clientes que foram muito importantes no início da pandemia.

— Foram oito meses de bom relacionamento com esses clientes que trabalhavam no dia a dia mesmo com a cidade toda fechada. Fidelizei dois clientes e fazia três ou quatro corridas por dia. E assim fui me virando. A iniciativa (do governo) é ótima, tem gente com contas atrasadas há um ano! Essa opção é fundamental para uma reestruturação do orçamento do taxista no momento — conclui Daniel.

Ele acrescenta:

— Com a flexibilização de algumas atividades, que estão longe de voltar ao normal, comecei a cobrir alguns pontos turísticos, Centro da cidade, Zona Sul, essas regiões que voltaram a receber algum público.

A linha CredTaxi poderá ser contratada por taxistas autônomos, independente de cooperativas ou associações, desde que tenham seu registro ativo. Os recursos deverão ser investidos na atividade produtiva, como melhorias no veículo, compra de equipamentos e capital de giro, assim como pretende fazer o taxista Nicholas Vieira, de 41 anos, que mora na Vila da Penha (Zona Norte).

Professor, Nicholas complementa a renda com a grana vinda do táxi. Mas ultimamente as coisas andam bem devagar... Para economizar, ele mesmo faz a manutenção no carro que usa para trabalhar, mas só se for coisa que dê para consertar.

— Esse é exatamente o dinheiro que preciso — afirma Nicholas.

Segundo o presidente da AgeRio, André Vila Verde, a linha de crédito exclusiva para os taxistas era prioridade do governo:

— É necessário que os taxistas tenham um fôlego nas contas, pois tiveram uma redução brusca de seus ganhos. Além de o estado regulamentar o transporte intermunicipal para a categoria, agora oferece a oportunidade do profissional investir em sua ferramenta de trabalho.

Os interessados devem acessar o endereço www.agerio.com.br/credtaxi.

- Valor máximo do financiamento é de R$21 mil

- Taxa de juros de 0,25% ao mês

- O prazo máximo de pagamento é de 24 meses

- Carência de até 12 meses

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos