TCU forma maioria a favor de edital do leilão do 5G

·1 minuto de leitura


O Tribunal de Contas da União (TCU) formou hoje (18) maioria de votos a favor da aprovação do edital do leilão do 5G.

As regras do edital começaram a ser analisadas na sessão de hoje do tribunal, mas, após um pedido de vista do ministro Aroldo Cedraz, o processo foi suspenso. O prazo de vista será de uma semana.

No Twitter, o ministro das Comunicações, Fabio Faria, comemorou o placar do julgamento e afirmou que o 5G tornará o país mais competitivo.

De acordo com o ministério, as empresas de telecomunicações devem colocar a tecnologia em funcionamento em julho de 2022.

Após a decisão do TCU, o edital deverá ser encaminhado para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), órgão que será responsável pelo leilão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos