Teatro no Rio de Janeiro: confira programação de espetáculos

·5 min de leitura

A seguir, confira a programação completa de teatro no Rio de Janeiro. Vale lembrar que todas as salas de teatro reabertas já funcionam com lotação máxima das plateias e obrigatoriedade do uso de máscaras, como exigem os protocolos sanitários. E mais: para acessar esses endereços, é preciso apresentar a carteira de vacinação em dia (original ou foto ou via aplicativo Conecte SUS).

Programação dos teatros reabertos no Rio de Janeiro (RJ)

Estreia

'Baquaqua'

Texto: Rogério Athayde. Direção: Aramís David Correia. Com Wesley Cardozo.

O espetáculo é baseado na autobiografia "An interesting narrative — Biography of Mahommah G. Baquaqua", sobre um homem ex-escravizado que viveu no Brasil.

Teatro Dulcina: Rua Alcindo Guanabara 17, Centro — 2240-4879. Qui a dom, às 19h. R$ 30. 60 minutos. 10 anos. Até 12 de dezembro. Estreia quinta, dia 2.

'Hairspray – o musical'

Texto: Thomas Meehan e Mark O'Donnell. Direção: Victor Maia. Com Alborina Paiva, Alex Cabral, André Marinho e outros.

A história de Hairspray se passa em Baltimore, no ano de 1962, e tem como protagonista Tracy Turnblad, uma grande garota com um grande penteado e duas paixões na vida: a dança e o The Corny Collins Show, um programa musical da televisão que é a verdadeira sensação.

Teatro Prudential — Sala Adolpho Bloch: Rua do Russel 804, Glória — 3553-3557. Seg a sex, às 20h. Sáb, às 16h. Dom, às 15h. R$ 25. 150 minutos. 12 anos. Até 8 de dezembro.

'Pinóquio'

Texto: Carlo Collodi. Direção: Miguel Vellinho. Adaptação e direção musical: Tim Rescala. Com Liliane Xavier, Mona Vilardo, Maria Adélia, Marise Nogueira, Marcio Nascimento, João Lucas Romero e Santiago Villalba.

Ao resgatar a versão original de "Pinóquio", a companhia monta sua primeira opereta, que se passa no Circo Collodi, palco em que o famoso boneco que sonha em se tornar um menino passa por um rito de passagem marcado por reflexões sobre educação, moral, amor familiar e o culto à mentira no mundo contemporâneo.

Centro Cultural Banco do Brasil (Teatro III): Rua Primeiro de Março 66, Centro — 3808-2020. Qua a sex, às 19h. Sáb e dom, às 16h. R$ 30. 100 minutos. Livre. Até 23 de dezembro.

Reestreia

'Traga-me a cabeça de Lima Barreto'

Texto: Luiz Marfuz. Direção: Onisajé. Com Hilton Cobra.

O monólogo discute racismo e preconceito a partir da obra do escritor Lima Barreto.

Teatro Firjan Sesi Centro: Av. Graça Aranha 1, Centro — 2563-4163. Qui e sex, às 19h. Sáb e dom, às 17h. R$ 30. 60 minutos. 14 anos. Até 12 de dezembro.

Única apresentação

'Se é que você me entende'

Texto, direção e apresentação: Raphael Ghanem.

O solo de humor traz histórias de vida, análises de relacionamento, além de causos comuns a todos.

Teatro Casa Grande: Av. Afrânio de Melo Franco 290, Leblon — 2511-0800. Dom, às 20h. R$ 80. 65 minutos. 16 anos.

Última semana

'Miss Eloquência'

Texto: Virgínia Martins e Chia Rodriguez. Direção: Chia Rodriguez. Com Virgínia Martins.

Em formato que mistura stand-up, teatro contemporâneo e documental, a personagem-título está debutando na solteirice e vive uma saga para entender o porquê dos tantos desencontros amorosos por ela vivenciados.

Casa da Glória: Ladeira da Glória 98, Glória – 98849-7853. Qua e qui, às 19h30. R$ 40. 60 minutos. 16 anos. Até 9 de dezembro.

'Parabéns Sr. Presidente, in concert'

Texto: Fernando Duarte e Rita Elmôr. Direção: Fernando Philbert. Com Claudia Ohana e Juliana Knust.

A comédia biográfica transporta a plateia para o ano de 1962 ao contar a história de Marilyn Monroe e Maria Callas, dois dos maiores mitos da feminilidade do século XX.

Teatro dos Grandes Atores: Avenida das Américas 3.555, Barra — 3325-1645. Sáb, as 19h e às 21h. R$ 50 (venda online) e R$ 60. 75 minutos. 14 anos. Até 4 de dezembro.

Continuação

'A alma imoral'

Texto: Nilton Bonder. Adaptação, direção e atuação: Clarice Niskier.

O monólogo questiona conceitos milenares da história da civilização, como as definições de corpo e alma, certo e errado, traidor e traído.

Teatro Petra Gold — Sala Marília Pêra: Rua Conde de Bernadotte 26, Leblon — 2529-7700. Sáb, às 20h. R$ 50 (vendas apenas pela internet). 80 minutos. 18 anos. Até 17 de dezembro. Na próxima semana, as apresentações acontecem10 e 17 de dezembro.

'As meninas velhas'

Texto: Claudio Tovar. Direção: Tadeu Aguiar. Com Lucinha Lins, Barbara Bruno, Nadia Nardini e Sonia de Paula.

Amigas de longa data, Corina, Zuleika, Norma e Edith, compartilham alegrias e tristezas sobre a vida na faixa dos sessenta anos.

Teatro dos 4: Shopping da Gávea. Rua Marquês de São Vicente 52, Gávea – 2239-1095. Sex e sáb, às 21h. Dom, às 19h. R$ 90. 75 minutos. 16 anos. Até 19 de dezembro.

'Sujeito a reboque'

Texto: Herton Gustavo Gratto. Direção: Emilio Orciollo Netto. Com Leonardo Paes Leme e Gustavo Novaes.

Antar tem seu carro rebocado após estacionar num local supostamente proibido. Ele procura o órgão responsável e é atendido por um funcionário robotizado que impõe, através de muita burocracia, inúmeros obstáculos para a retirada do veículo.

Teatro Petra Gold — Sala Marília Pêra: Rua Conde Bernadotte 26, Leblon — 2529-7700. Qua, às 20h30. R$ 60. 50 minutos. Livre. Até 15 de dezembro.

'A vida passou por aqui'

Texto: Claudia Mauro. Direção: Alice Borges. Com Claudia Mauro e Édio Nunes.

A história de amizade entre uma professora e um faxineiro escritor.

Teatro Petra Gold — Sala Marília Pêra: Rua Conde Bernadotte 26, Leblon — 2529-7700. Qui, às 20h. R$ 50 — venda online. 90 minutos. 14 anos. Até 16 de dezembro.

'O dragão'

Texto: Eugène Schwartz. Direção: Luiz Fernando Lobo. Com Luiz Fernando Lobo, Leonardo Hinckel, Tuca Moraes e Gilberto Miranda.

Há 400 anos, uma cidade é dominada e enganada por um dragão de três cabeças. Um conto de fadas para adultos, uma fábula que narra a história de um povo que não conhece a verdadeira liberdade.

Armazém da Utopia: Armazém 6, Cais do Porto - 2516-4893. Sex a seg, às 20h. Grátis, por meio do Sympla. 12 anos. Até 6 de dezembro.

'Pá de cal (Ray-lux)'

Texto: Jô Bilac. Direção: Paulo Verlings. Com Carolina Pismel, Isaac Bernat, Kênia Bárbara, Orlando Caldeira e Pedro Henrique França.

A morte do caçula de uma família dividida provoca uma reunião em que apenas representantes dos familiares comparecem

Centro Cultural Banco do Brasil (Teatro II): Rua Primeiro de Março 66, Centro — 3808-2020. Qui a sáb, às 19h. Dom, às 18h. R$ 30. 70 minutos. 14 anos. Até 19 de dezembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos