Tebet, ex-CPI da Covid, parte pra cima de Bolsonaro sobre ações na pandemia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Simone Tebet, presidenciável do MDB, se tornou uma das principais críticas a Jair Bolsonaro no debate.

"Não vi o presidente da República pegar a moto dele e entrar em um hospital para abraçar uma mãe", disse ela, lembrando sua participação na CPI da Covid e as suspeitas de corrupção em compras de vacinas.

Ela também criticou Bolsonaro ao prometer respeito à Constituição e aos Poderes.

"Temos radicalizaçãoe desarmonia em função de termos um presidente que ameaça a democracia a todo o momento, não respeita a impressa livre, a independência do Supremo, do Poder Judiciário e do Legislativo. Precisamos trocar o presidente da República", disse.