Tebet promete comprar vagas em creches privadas para zerar filas

Simone Tebet fez promessas relativas à educação (REUTERS/Adriano Machado)
Simone Tebet fez promessas relativas à educação (REUTERS/Adriano Machado)

A candidata à Presidência pelo MDB, Simone Tebet, apresentou nesta quarta-feira (17) duas propostas para zerar as filas de espera por vagas em creches e pré-escolas. Ela pretende, se eleita, finalizar as obras inacabadas e pagar por vagas em instituições privadas. A declaração da senadora foi feita durante visita a uma creche em Brasília.

Veja como foram as últimas pesquisas eleitorais de 2022:

De acordo com Tebet, há no Brasil pelo menos 2 mil obras de creches e pré-escolas a serem concluídas. Durante a visita, Simone afirmou que pretende investir até R$ 2 bilhões para a continuação dessas obras. Além disso, o governo dela vai pagar por vagas em instituições privadas, caso as públicas não possam suprir o atendimento.

"Nós vamos concluir todas as escolas e creches que estão com obras inacabadas. Estamos falando algo em torno de R$ 1,5 bilhão, quase R$ 2 bilhões, não é muita coisa. E vamos fazer parcerias com os municípios, especialmente nas creches e na primeira infância", afirmou a candidata.

"E já estamos preparando um projeto para deixar claro, como lei, que onde não tiver espaços públicos vamos estar contratando, comprando vagas em creches privadas e fazendo parcerias com creches", completou.

O plano de governo enviado por Tebet ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fala em ampliar vagas em creches para alunos de até 3 anos de idade e pré-escolas, para crianças de 4 a 5 anos, além da melhoria da qualidade dos serviços prestados.

O texto ainda inclui a criação da Secretaria Especial da Criança e Adolescência, vinculada diretamente à Presidência, com uma Política Nacional Integrada para a Primeira Infância. Além disso, o programa fala na implementação integral do Marco Legal da Primeira Infância.