Técnico da Austrália deixa genro de fora da Copa do Mundo

Graham Arnold não convocou Trent Sainsbury, casado com sua filha, para representar a Austrália na Copa do Mundo.
Graham Arnold não convocou Trent Sainsbury, casado com sua filha, para representar a Austrália na Copa do Mundo. Foto: (Bradley Kanaris/Getty Images)

Motivo de tensão em todas as seleções participantes da Copa do Mundo do Catar, que será realizada entre os dias 20 de novembro e 18 de dezembro deste ano, as convocações dos atletas que representarão suas nações no Mundial podem, inclusive, gerar problemas familiares, como o caso da Austrália.

Graham Arnold, comandante técnico da seleção do maior país da Oceania, se viu em uma situação complicada ao selecionar os 26 jogadores que buscarão o desempenho inédito na maior competição de seleções do Mundo. O treinador não colocou o seu genro, Trent Sainsbury, na lista final dos atletas selecionados por ele e sua comissão técnica para viajarem ao Catar.

Leia também:

Titular nas três partidas que a Austrália disputou na Copa do Mundo da Rússia, realizada em 2018, Sainsbury, de 30 anos, já esteve em campo em 58 oportunidades com o uniforme amarelo e verde. Apesar de não ter tido muito ritmo de jogo nos últimos tempos, o zagueiro tinha a expectativa de fazer parte do elenco, o que não aconteceu. Casado com Elissa Sainsbury, filha de Graham Arnold, o zagueiro pode ter perdido a sua última chance de disputar uma Copa do Mundo. Atuando pelo Al Wakrah, do Catar, Sainsbury não joga desde o dia 14 de setembro por causa de uma lesão.

Graham Arnold explicou as razões que o fizeram deixar seu genro fora do Mundial: "Obviamente, é uma decisão muito, muito difícil. Eu conversei com Trent sobre onde ele está agora. Ele não jogou por um número grande de semanas. Trent entendeu a decisão, mas é algo difícil de fazer".

No Grupo D da Copa do Mundo, a Austrália irá enfrentar a atual campeã, França, Dinamarca e a Tunísia na fase de grupos.