Técnico da Austrália veta celular de jogadores: "Vão dormir"

Adversária da Argentina nas oitavas de final, Austrália teve comemoração comedida por pedido do treinador.
Adversária da Argentina nas oitavas de final, Austrália teve comemoração comedida por pedido do treinador. Foto: (Alex Grimm/Getty Images)

Depois da inédita classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo do Catar, que está sendo realizada entre os dias 20 de novembro e 18 de dezembro deste ano, obtida através da vitória para cima da Dinamarca, o técnico da Austrália fez questão de frear os ânimos de seus jogadores na noite mágica para o esporte do país da Oceania, mas que representa a Ásia.

Graham Arnold, comandante australiano, pediu foco aos seus atletas por causa da nova decisão que o elenco terá no próximo sábado: "Sem comemorações. Eu disse aos meninos, foi por isso que nós vencemos (a Dinamarca) depois de uma grande vitória sobre a Tunísia. Sem comemoração. Vão dormir, nada de redes sociais. Muita fé, muito trabalho. Esses meninos chegaram com uma grande mentalidade. Estamos trabalhando nisso há quatro anos e meio, é sobre acreditar, sobre energia e foco. Eu podia ver em seus olhos, eles estavam prontos esta noite".

Leia também:

Técnico da Austrália deixou genro de fora da Copa do Mundo

Graham Arnold se viu em uma situação complicada ao selecionar os 26 jogadores que buscaram o desempenho inédito na maior competição de seleções do Mundo. O treinador não colocou o seu genro, Trent Sainsbury, na lista final dos atletas selecionados por ele e sua comissão técnica para viajarem ao Catar. Titular nas três partidas que a Austrália disputou na Copa do Mundo da Rússia, realizada em 2018, Sainsbury, de 30 anos, já esteve em campo em 58 oportunidades com o uniforme amarelo e verde. Apesar de não ter tido muito ritmo de jogo nos últimos tempos, o zagueiro tinha a expectativa de fazer parte do elenco, o que não aconteceu. Casado com Elissa Sainsbury, filha de Graham Arnold, o zagueiro pode ter perdido a sua última chance de disputar uma Copa do Mundo. Atuando pelo Al Wakrah, do Catar, Sainsbury não joga desde o dia 14 de setembro por causa de uma lesão.

Graham Arnold explicou as razões que o fizeram deixar seu genro fora do Mundial: "Obviamente, é uma decisão muito, muito difícil. Eu conversei com Trent sobre onde ele está agora. Ele não jogou por um número grande de semanas. Trent entendeu a decisão, mas é algo difícil de fazer".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.