Técnico de tênis é banido por manipulação de resultados

Wenders, que trabalhou com várias jogadoras no WTA Tour, foi banido do esporte por 12 anos. Foto: Getty Images
Wenders, que trabalhou com várias jogadoras no WTA Tour, foi banido do esporte por 12 anos. Foto: Getty Images

O técnico de tênis holandês Max Wenders foi banido do esporte por 12 anos por manipulação de resultados, informou a Agência Internacional de Integridade do Tênis nesta quarta-feira (27).

A ITIA disse que Wenders admitiu “múltiplas acusações de manipulação de resultados” e também admitiu destruir evidências e não denunciar uma abordagem corrupta.

Leia também:

Uma das acusações contra Wenders veio sob uma regra que proíbe as pessoas envolvidas com o tênis de “direta ou indiretamente, facilitar qualquer jogador a não usar seus melhores esforços em qualquer Evento”. O ITIA não disse quando ou onde a suposta conduta aconteceu e não nomeou nenhum jogador.

A ITIA disse que Wenders foi banido e multado em US$ 12.000 (cerca de 64,2 mil reais) em uma audiência em abril de 2021, mas que as sanções não foram publicadas até agora, após envios da equipe jurídica de Wenders. Ele não pode participar de nenhum torneio de tênis autorizado pelos principais órgãos reguladores do esporte até 2033.

Wenders teria trabalhado com várias jogadoras no WTA Tour como treinador, assistente ou parceiro de rebatidas.

A sanção significa que ele está proibido de jogar, treinar ou participar de qualquer evento de tênis autorizado ou sancionado pelos órgãos reguladores do tênis por um período de 12 anos a partir da data da decisão (28 de abril de 2021).

Vale lembrar que o ITIA é um órgão independente criado pelos órgãos reguladores internacionais do tênis para promover, incentivar, melhorar e salvaguardar a integridade do tênis profissional em todo o mundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos