Telecom Italia eleva projeção de Ebitda para 2022

Por Elvira Pollina

MILÃO (Reuters) - A Telecom Italia elevou a meta de lucro operacional para o ano, na esteira de seus resultados do segundo trimestre, que tiveram ajuda de corte de custos e números positivos da brasileira TIM, subsidiária do grupo.

A Telecom Italia estimou nesta quarta-feira queda no lucro operacional anual medido pelo Ebitda após os custos de arrendamento de 11% a 14%.

A projeção anterior era de recuo de 15% a 19%.

A empresa tem lutado para se manter competitiva no mercado doméstico, onde obtém a maior parte de sua receita, e registrou um prejuízo líquido recorde de 8,4 bilhões de euros no ano passado, após uma série de reduções em suas metas.

De abril e junho, a empresa registrou queda de 12,3% no lucro operacional após os custos de arrendamento, para 1,3 bilhão de euros, ligeiramente à frente da estimativa de 1,29 bilhão, segundo pesquisa da própria companhia com analistas.

As ações da Telecom Italia subiram 3,87% para 0,222 euros, superando a alta de 1% no índice italiano. No entanto, a ação permanece perto da mínima histórica atingida em julho.

"A estabilização e reformulação dos negócios domésticos continuaram no segundo trimestre, juntamente com a aceleração do desenvolvimento da TIM", disse a empresa, acrescentando que já atingiu cerca de 70% de sua meta de redução de custos para 2022.

A receita total de serviços da Telecom Italia aumentou 1% no trimestre, para 3,64 bilhões de euros, contra projeção de analistas de 3,59 bilhões.

(Por Elvira Pollina)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos