Telefónica escolhe Allianz e CDPQ para acordo de rede de fibra na Espanha, dizem fontes

Por Andres Gonzalez

LONDRES (Reuters) - A Telefónica selecionou o Allianz Global Investors e o fundo de pensão canadense CDPQ na fase final para o leilão de uma fatia de sua rede de fibra rural na Espanha, que atende cerca de três milhões de residências em vilarejos menores, disseram três fontes próximas ao assunto.

A empresa de investimentos francesa Vauban Infrastructure Partners também foi selecionada para realizar a diligência na unidade, avaliada em mais de 2 bilhões de euros, disseram as fontes, que pediram anonimato.

O fundo de pensão holandês PGGM pode se unir à Allianz como parte de um consórcio, disse outra fonte, enquanto a Vauban também pode buscar um parceiro de licitação.

Telefónica, Allianz, CDPQ e PGGM não quiseram comentar. A Vauban não respondeu a um pedido de comentário.

A empresa espanhola de telecomunicações, assessorada por BBVA e AZ Capital, está vendendo uma fatia de cerca de 45% do negócio, que opera em cidades com menos de 20 mil habitantes.

A venda da participação liberará dinheiro para financiar a implantação de nova infraestrutura de banda larga em áreas rurais da Espanha, como na Alemanha e no Brasil, onde a gigante das telecomunicações pretende alcançar uma penetração de mercado de até 97% até 2024.

A Telefónica já tem parceria com Allianz e CDPQ em serviços de fibra similares para áreas pouco povoadas na Alemanha e no Brasil, respectivamente.

Fundos de private equity e infraestrutura têm investindo na rede de fibra espanhola, como o KKR e o rival europeu Ardian fechando acordos no ano passado para as empresas de fibra óptica Reintel e Adamo, respectivamente.

Em maio, a Axa e a Swiss Re compraram a operadora atacadista de fibra Lyntia Networks, que controla uma rede de fibra de 43 mil quilômetros na Espanha.

(Reportagem adicional de Isla Binnie)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos