Telescópio mais poderoso do mundo é hackeado e tem observações suspensas

Telescópio mais poderoso do mundo é hackeado e tem suas observações suspensas (Foto: AP Photo/Jorge Saenz)
Telescópio mais poderoso do mundo é hackeado e tem suas observações suspensas (Foto: AP Photo/Jorge Saenz)
  • Observatório Atacama Large Millimeter Array (ALMA), no Chile , anunciou que foi atingido por um ataque cibernético;

  • O telescópio foi forçado a pausar suas observações astronômicas;

  • O ALMA é composto por 68 antenas de alta precisão espalhadas por 16 quilômetros.

Um dos telescópios mais avançados do mundo foi hackeado e colocado offline, com todas as observações astronômicas suspensas. O Observatório Atacama Large Millimeter Array (ALMA), no Chile , anunciou que foi atingido por um ataque cibernético, que forçou o telescópio a pausar suas observações astronômicas e colocou o site público fora do ar no sábado.

O ALMA é composto por 68 antenas de alta precisão espalhadas por 16 quilômetros e é o maior projeto astronômico terrestre do mundo. Vitalmente, foi um dos muitos telescópios envolvidos no projeto Event Horizon Telescope que captou a primeira imagem direta de um buraco negro em 2019 e detectou o ponto de água mais distante do universo .

“Há serviços de e-mail limitados no observatório. A ameaça foi contida e nossos especialistas estão trabalhando duro para restaurar os sistemas afetados. O ataque não comprometeu as antenas do ALMA ou quaisquer dados científicos”, tuitou o Observatório ALMA.

“Dada a natureza do episódio, ainda não é possível estimar uma data para o retorno às atividades regulares”, acrescentou.

O ALMA está situado no deserto de Atacama, no norte do Chile, a cerca de 5.058 metros acima do nível do mar. Deste ponto de vista, é capaz de captar sinais do espaço que de outra forma seriam absorvidos pelo vapor de água na atmosfera da Terra.

A matriz tornou-se totalmente operacional em 2013 e desde então provou ser uma ferramenta imprescindível para expor os segredos do universo. É considerado o telescópio mais poderoso para observar os objetos mais frios do universo e concentra seus estudos nos blocos de construção de estrelas, sistemas planetários e galáxias.