Cães da polícia de Madri farão sessões de musicoterapia para reduzir estresse

Madri, 27 mar (EFE).- A Unidade Canina da Polícia de Madri conta a partir desta quarta-feira com um sistema de áudio para que seus cachorros possam passar por sessões de musicoterapia, uma técnica que reduz os níveis de estresse dos animais que, entre outros cuidados, também contam com camas com calefação incorporada.

A técnica da musicoterapia é a denominada "Efeito Mozart" e consiste em expor os animais várias vezes ao longo do dia à música clássica, sempre em função dos seus serviços e das necessidades específicas dos cães, explica a Câmara Municipal de Madri.

A Seção Canina de Polícia Municipal da capital espanhola foi criada em 1983 e atualmente conta com 22 cachorros, todos eles qualificados como "detectores" e especialistas em localizar explosivos, entorpecentes e notas falsas.

As instalações destinadas à musicoterapia são só uma das melhorias realizadas na Polícia de Madri, que incluem mudanças no sistema de climatização dos canis para reduzir o consumo de energia em mais de 80%, informaram fontes da Câmara Municipal de Madri.

As tarefas para aperfeiçoar os recintos dos cães incluem a instalação de telhados nos pátios exteriores das áreas onde dormem, para que os animais possam ter locais com sombra e estejam protegidos do frio no inverno.

Também foi disponibilizado um espaço verde onde os animais poderão brincar. EFE