Temendo derrota do voto impresso, presidente da comissão encerra sessão e indigna parlamentares

Deputado Paulo Eduardo Martins (PSC-PR) decidiu por encerrar subitamente a sessão nesta sexta-feira (16) após conceder um pedido de extensão de prazo ao relator do parecer, deputado Filipe Barros (PSL-PR).

A comissão especial criada pela Câmara iria analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 135/19, que torna o voto impresso obrigatório.

O placar na comissão é desfavorável ao governo de Jair Bolsonaro e, caso fosse votado hoje, provocaria uma derrota da pauta bolsonarista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos