Temer diz esperar pacificação do país após eleição

***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 22.09.2022:  Lançamento do livro
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 22.09.2022: Lançamento do livro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Michel Temer (MDB) disse neste domingo (30) esperar que o país caminhe para a "pacificação e harmonia dos brasileiros" após a eleição.

Ele votou no fim da tarde deste domingo no Colégio Santa Cruz, no Alto de Pinheiros, zona oeste da capital paulista.

Questionado sobre em quem votou, ele não revelou. Disse apenas que mantém pública a sua declaração anterior de que vota no candidato que "defende a democracia e promove a pacificação do país".

Havia a expectativa de que o ex-presidente anunciaria seu apoio à reeleição de Bolsonaro, com quem tem uma relação cordial. No entanto, ele se absteve de revelar quem apoia.

Chamado de golpista pelo ex-presidente Lula (PT) no debate da última sexta-feira (28), Temer questionou a cúpula do MDB sobre a manutenção do apoio de Simone Tebet à campanha do petista.

"Espero que aconteça o que sempre aconteceu no Brasil. O Brasil sempre foi maior do que qualquer disputa eleitoral, do que qualquer crise econômica, política ou social. Eu espero que isso venha a ocorrer novamente com o novo governante, se reeleito ou se outro for eleito", disse ao sair da sala de votação.