Temer diz que mudanças na reforma da Previdência não quebram espinha da proposta original

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira, em reunião com líderes da base aliada na Câmara dos Deputados e membros da Comissão Especial da Reforma da Previdência, que o governo quer buscar a aprovação da matéria por meio do diálogo e que sugestões apresentadas pelos parlamentares têm sido atendidas para melhorar o projeto.

Temer afirmou ainda no discurso de abertura do encontro que as mudanças apresentadas ao projeto enviado pelo governo não quebram a "espinha" do texto, que é a adoção de uma idade mínima para a aposentadoria, e acrescentou que é "imperioso" realizar a reforma previdenciária no país.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)