Temer diz que vai ligar para presidente da China para esclarecer situação da carne

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer disse nesta quinta-feira que vai ligar para o presidente da China, Xi Jinping, para esclarecer a situação da carne brasileira, após a operação da Polícia Federal Carne Fraca que identificou pagamentos de propina para liberação de produtos sem inspeção.

Reconhecendo que o caso é um "incidente grave", Temer disse que houve uma mobilização geral no país para evitar que o caso tomasse proporções mais sérias.

Vários países, a China entra eles, impuseram restrições à entrada de carne brasileira desde a operação, realizada na última sexta-feira.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)