'Temos que nos preocupar, mas por enquanto nada de alarme', diz Bolsonaro sobre coronavírus

Assis Moreira, do Valor

NOVA DELHI — O Ministério da Saúde foi mobilizado para tomar as providências para evitar a chegada do Coronavirus no Brasil, segundo o presidente Jair Bolsonaro. ''Temos que nos preocupar, mas por enquanto nada de alarme'', afirmou ele à TV Record, em Nova Delhi. O ministério preparou um vídeo sobre a epidemia, segundo o presidente.

O Coronavirus já matou 56 pessoas na China. Outros países registram contaminação, como Japão, Coreia do Sul e Arábia Saudita. Na sexta, os Estados Unidos confirmaram o segundo caso da doença no país e a França relatou os primeiros três casos na Europa.

Em Nova Delhi, o presidente conversou com jornalistas e abordou também outros temas. Foi perguntado, por exemplo, como via o fato de os brasileiros deportados dos EUA virem algemados nas mãos e nos pés.

— Não tenho conhecimento disso. As leis de um país temos que respeitar. Obviamente não faríamos isso com ninguém saindo do Brasil para qualquer outro país — respondeu.

Mais tarde, indagado novamente sobre o tema, Bolsonaro foi seco:

— Pergunta pro Trump.