Temperatura chega a 1ºC no extremo sul de São Paulo

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 18.05.2022 - Morador de rua se aquece com cobertor na escadaria da Catedral da Sé, região central de São Paulo, em dia de baixas temperaturas na cidade. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 18.05.2022 - Morador de rua se aquece com cobertor na escadaria da Catedral da Sé, região central de São Paulo, em dia de baixas temperaturas na cidade. (Foto: Bruno Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A madrugada desta segunda-feira (13) foi de frio intenso em São Paulo e os termômetros chegaram a marcar 1ºC na Estação Meteorológica de Marsilac, no extremo sul da capital, a região mais fria na cidade.

Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo), em toda a cidade a média foi de 6°C.

A manhã começa com sol entre poucas nuvens e temperatura em gradual elevação. A temperatura máxima não deve ultrapassar a marca dos 16ºC.

O ar frio polar deve continuar intenso nos próximos dias. A Defesa Civil do Estado alerta para a queda de temperatura, com momentos de frio intenso, até terça.

A previsão, segundo o CGE, é de que o frio só amenize a partir de quinta-feira (16), feriado de Corpus Christi, quando as temperaturas entram em gradativa elevação, diminuindo a sensação de frio.

A estação Pedro 2º, pertencente à linha 3-vermelha do metrô de São Paulo, recebeu 30 moradores de rua para passar a madrugada em suas dependências. Eles ficam abrigados no local das 19h às 8h. Têm colchão, cobertor e recebem refeições.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos