Temperaturas voltam a cair no Sul e Sudeste do país

Frente fria deve baixar temperaturas no Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Foto: Getty Images.
Frente fria deve baixar temperaturas no Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Foto: Getty Images.
  • No Sul, termômetros devem marcar mínimas entre 0º C e 3º C

  • Há previsão de grande volume de chuvas também

  • Temperaturas caem a partir desta quarta-feira

O Sul do país irá encarar mais uma frente fria nos próximos dias. O Rio Grande do Sul será o estado mais afetado: a mínima nesta quarta-feira (1º) em Porto Alegre será de 9º C. A queda de temperatura também vai atingir a região Sudeste.

No oeste de Santa Catarina e sudoeste e nordeste do Paraná, o acumulado de chuvas, de acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), deve alcançar os 100 mm. Já no Rio Grande do Sul o acumulado pode chegar a 200 mm entre os dias 5 e 6 de junho, mas já há alerta de geada a partir desta quinta-feira (2).

No Sul, algumas regiões podem ter temperaturas mínimas entre 3º C e 0º C nesta madrugada. A temperatura cai menos nas capitais: a mínima vai variar entre 7º C e 14º C até a sexta-feira (3).

Outras regiões

No Centro-Oeste e no Sudeste, há previsão de chuva para quase todos os estados. No sul de São Paulo e do Mato Grosso do Sul, os acumulados de chuva podem chegar a 70 mm. O Inmet fez um alerta para o volume de precipitação na região, que pode chegar a 50 mm por dia com ventos de até 60 km/h.

Nas capitais do Sudeste, as mínimas serão entre 14º C e 19º C até a sexta-feira. Já no Centro-Oeste as temperaturas caem um pouco mais: Brasília deve registrar mínima de 13º C nesta quarta-feira.

Chuvas no Nordeste são 'resquício' de frente fria polar

O Nordeste tem enfrentado grandes chuvas nos últimos dias. A região mais afetada é a Grande Recife, onde deslizamentos de terra já causaram a morte de ao menos 90 pessoas e deixaram outras 6 mil desabrigadas. Apesar de ser esperado precipitações entre maio e junho, o grande volume de chuvas está sendo causado por um resquício da massa de ar frio polar, que vem do Sul.

Na semana passada, a massa de ar polar baixou as temperaturas no Sul e Sudeste, principalmente. Em estados sulistas, foi registrado neve. Já São Paulo teve episódios de chuva congelada e temperaturas abaixo de 10º C. Essa massa de ar frio encontrou um Distúrbio Ondulatório de Leste e intensificou as chuvas no Nordeste, segundo explicou o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Mamedes Luiz Melo, ao jornal Extra.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos