Tempestade forte de inverno atinge oeste dos EUA e provoca cancelamento de centenas de voos

·1 minuto de leitura

(Reuters) - Uma intensa e perigosa tempestade de inverno atingiu grandes áreas das Montanhas Rochosas e das Grandes Planícies dos Estados Unidos na manhã deste domingo, forçando o cancelamento de centenas de voos em Denver e fechando as principais rodovias.

É esperada neve de 0,6 a 0,9 metros em algumas regiões, disse o Serviço Nacional de Meteorologia. Os avisos de nevasca devido aos ventos fortes estão em vigor na região leste do Estado de Wyoming, na porção oeste de Nebraska e no sudoeste da Dakota do Sul.

Mais de 30 mil habitantes ficaram sem energia no Colorado, de acordo com um rastreador de interrupções mantido pela concessionária Xcel Energy. A rodovia Interestadual 25 foi fechada nas direções norte e sul entre o norte do Estado de Colorado e o Wyoming, enquanto a Interestadual 80 também foi fechada tanto no sentido leste quanto no oeste em grande parte do Wyoming.

"FIQUE EM CASA. (se sair) VOCÊ FICARÁ EM DIFICULDADES!" alertou via Twitter o escritório do Serviço Meteorológico Nacional em Cheyenne, Wyoming, onde caíram mais de trinta centímetros de neve desde sábado.

Mais de 800 voos foram cancelados no Aeroporto Internacional de Denver neste domingo, após centenas de cancelamentos no sábado. O aeroporto registrou quase 30 centímetros de neve às 6h30 (9h30, horário de Brasília) deste domingo, com expectativa que chegue a um acúmulo de quase 70 centímetros, disseram autoridades aeroportuárias.

O governador do Colorado, Jared Polis, ativou a Guarda Nacional antes da tempestade para ajudar em qualquer incidente de busca e resgate.

(Por Joseph Ax)