Tempestade de inverno despeja neve em Estados do Sudeste e Médio Atlântico dos EUA

·1 min de leitura
Mulher tira fotos da neve em Washington

Por Brendan O'Brien

(Reuters) - Uma tempestade de inverno com muita neve e ventos fortes engoliu partes das regiões Sudeste e Médio Atlântico dos Estados Unidos nesta segunda-feira, forçando o fechamento de estabelecimentos federais e escolas, tornando perigosos os deslocamentos e ameaçando interrupções no fornecimento de energia elétrica.

Alertas de condições meteorológicas graves foram emitidos na Geórgia, Carolinas do Sul e do Norte e Virgínia, e no norte nas cidades de Washington e Filadélfia, onde são previstos entre 10 e 20 centímetros de neve e ventos de 64 km/h, afirmou o Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA.

Algumas partes da região podem receber entre 5 cm de neve por hora, e um total de 30 cm de neve ao longo do dia, segundo o serviço meteorológico.

"Esse não é um quadro muito típico para nós, especialmente nessa época do ano", disse Austin Mansfield, meteorologista do serviço na Virgínia. "Quando falamos de áreas altamente populosas, o aumento do acúmulo de neve se torna problemático".

A situação adversa forçou o fechamento de escritórios do governo próximos a Washington, enquanto dezenas de escolas cancelaram ou adiaram o reinício das aulas na região.

É previsto que a neve se acumule em estradas e linhas de transmissão de energia, causando condições perigosas de viagem e com potencial para deixar casas e empresas sem eletricidade pela região.

(Reportagem de Brendan O'Brien)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos