Tempestade de neve mata 5 alpinistas no Monte Elbrus na Rússia

·1 minuto de leitura
Equipes de resgate fazem operação no Monte Elbrus para salvar alpinistas

MOSCOU (Reuters) - Cinco alpinistas morreram depois de ficarem presos em uma tempestade de neve no Monte Elbrus, na Rússia, a montanha mais alta da Europa, disseram autoridades.

Outros 14 membros da equipe foram resgatados no pico da Cordilheira do Cáucaso sob ventos intensos, visibilidade baixa e temperaturas de 20 graus Celsius negativos, informou o Ministério de Emergências regional.

O grupo de alpinistas russos enviou um pedido de socorro pouco depois das 17h de quinta-feira (horário local), acrescentou o ministério. Onze dos sobreviventes foram levados ao hospital.

Uma mulher adoeceu e morreu nos braços de um dos guias, Denis Alimov, que ajudou a organizar a escalada, relatou a agência de notícias Tass.

Outro alpinista quebrou a perna quando descia, e a equipe decidiu se dividir em três grupos dependendo de quem poderia ir mais rápido, disse Alimov à Tass.

"Enquanto desciam, mais duas pessoas morreram em um dos grupos. Mas a decisão de se dividir foi certa, de outra maneira poderia ter havido mais baixas", acrescentou.

Guias do grupo sofreram queimaduras de frio e outros ferimentos, disse Alimov.

O Monte Elbrus, que tem 5.642 metros de altura e se localiza pouco ao norte da fronteira com a Geórgia, é conhecido por suas mudanças repentinas no clima e nas condições de escalada.

(Por Polina Nikolskaya e Gleb Stolyarov)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos