Tempestade de poeira atinge Catanduva, no interior paulista

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma nuvem de poeira passou pela cidade de Catanduva, localizada a 384 quilômetros da capital, na tarde de domingo (3). A tempestade ocorreu por volta de 16h e durou cerca de 20 minutos, segundo o Corpo de Bombeiros.

Mais fraco do que outras ocorrências registradas em cidades paulistas, o vendaval de terra não deixou feridos. De acordo com os bombeiros foi registrada apenas uma ocorrência de árvore arrancada pela força dos ventos.

O fenômeno é conhecido como haboob, ou habub, que costuma ocorrer em áreas secas e com baixa umidade.

Ribeirão Preto, Franca, Araçatuba e Guaíra também enfrentaram tempestades semelhantes na última semana, com ventos que atingiram velocidade de cerca de 100 km/h.

Em Santo Antônio de Aracanguá (557 km de SP) e em Tupã (514 km de SP) quatro pessoas morreram em decorrência da passagem da nuvem de poeira.

Meteorologistas ouvidos pelo UOL acreditam que outras tempestades de poeira possam ocorrer até o fim do ano em regiões planas dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos