Tempestade de raios mata 20 pessoas na Índia no intervalo de 24 horas

Uma tempestade de raios matou 20 pessoas em oito distritos do estado de Bihar, no leste da Índia, no intervalo de 24 horas. O fenômeno aconteceu durante a temporada de chuvas de monção, que atingem o país no verão do Hemisfério Norte.

Sete mortes foram registradas no distrito de Kaimur, enquanto Patna e Bhojpur relataram quatro mortes cada. Jehanabad, Arwal, Rohtas, Aurangabad e Siwan relataram uma morte cada. A posição geográfica do estado favorece as ocorrências de raios, segundo as autoridades locais.

Nitish Kumar, ministro-chefe de Bihar, anunciou nesta terça-feira uma compensação de 400 rúpias (equivalente a R$ 26,51) para as famílias de cada um dos falecidos. Kumar também pediu à população que siga de perto os conselhos da autoridade de gerenciamento de desastres do estado.

De acordo com a BBC, um dos motivos citados para o alto número de mortes é o grande número de pessoas trabalhando ao ar livre na Índia em comparação com outras partes do mundo, o que as torna mais vulneráveis.

Segundo o jornal The Times of India, as autoridades locais realizaram uma reunião na semana passada para organizar a instalação de para-raios em todos os prédios do governo.

Apenas entre abril de 2020 e março de 2021, mais de 18 milhões de relâmpagos foram registrados na Índia, segundo a ONG Climate Resilient Observing Systems Promotion Council. Esse número foi 34% maior que o registrado no mesmo período do ano anterior.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos