Tempo seco e calor seguem até quinta (28) em SP, quando temperatura deve cair

*Arquivo* SÃO PAULO, SP, 14.09.2021 - Mulheres patinam enquanto homem caminha no parque Ibirapuera, na zona sul de São Paulo; calor deve seguir até quinta-feira na capital paulista. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)
*Arquivo* SÃO PAULO, SP, 14.09.2021 - Mulheres patinam enquanto homem caminha no parque Ibirapuera, na zona sul de São Paulo; calor deve seguir até quinta-feira na capital paulista. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O estado de São Paulo vai conviver com tempo seco e calor em pleno inverno até o fim da semana, quando é esperada uma frente fria na região Sudeste, que deverá baixar a temperatura. Entretanto, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) alerta que não há previsão de chuvas significativas --a exceção é para áreas isoladas do litoral paulista e do Rio de Janeiro.

Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da Prefeitura de São Paulo, a semana seguirá com tempo seco e ensolarado na capital paulista, o que pode agravar problemas como a concentração de poluentes e a formação de queimadas em áreas de vegetação.

A terça-feira (26) deve apresentar predomínio de sol e temperaturas em elevação no decorrer do dia. "Os termômetros variam entre mínimas de 13°C e máximas que podem chegar aos 28°C", afirma o CGE, em boletim.

Os índices de umidade entram em declínio e devem atingir valores abaixo dos 30% nas horas mais quentes, segundo o texto.

Segundo a previsão, o tempo seco continua na quarta (27), com mínimas que oscilam em torno dos 13°C, enquanto as máximas devem chegar aos 28°C, a mesma alta prevista para quinta (28).

Na sexta, explica o meteorologista Franco Nadal Villela, do Inmet, a chegada de uma frente fria deve derrubar a mínima para 10ºC na sexta-feira (29) e até um pouco menos no sábado (30).

"Esta frente fria deve chegar entre a madrugada e a manhã de sexta, com ar frio e bastante rajadas de vento, essas já a partir de quinta-feira", diz.

A agência Climatempo não descarta o risco de pancadas fortes de chuva no fim da semana, inclusive na Grande São Paulo, mas os maiores acumulados são previstos sobre o Vale do Ribeira e o litoral paulista. "Também há previsão para chuva a partir da tarde no Rio de Janeiro e no sul de Minas Gerais."

Em outras regiões do país, diz o Inmet, no fim da semana são previstos acumulados de chuva no Sul podendo ultrapassar 100 mm.

De acordo com a Climatempo, áreas do extremo sul gaúcho já começam a quinta-feira com tempo fechado e chuvoso e, conforme o sistema avança, as demais áreas enchem de nuvens e começa a chover.

"Em Porto Alegre a chuva começa a partir da tarde e, até a noite, também chove em áreas do sul, leste e oeste de Santa Catarina (inclusive Florianópolis), além do sul e oeste do Paraná", diz a agência.

Há chuva esperada ainda para as regiões Norte e Nordeste no fim de semana, conforme as previsões do Inmet.

NEVOEIRO

Nesta quarta-feira há chance de nevoeiro na Serra da Mantiqueira, Vale do Paraíba e em Minas Gerais, na Zona da Mata Mineira, mas logo o sol reaparece e predomina, de acordo com a Climatempo.

Também há risco de aconteçam no leste do Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná.

O nevoeiro, segundo a agência, é resultado das temperaturas baixas durante as noites e madrugadas, combinadas com umidade que vem do oceano.

COMO SE PROTEGER EM DIAS SECOS?

- A dica mais importante é hidratar-se muito, não importa se com água, suco natural ou chá. Dê preferência, também, a alimentos com menos sal ou condimentos, para que seu corpo não retenha líquidos.

- Para evitar ressecamento, use soro fisiológico no nariz e nos olhos. De acordo com o médico consultado, além de hidratar, também ajuda a limpar o nariz.

- Se for praticar exercício físico, priorize horários no início e no fim do dia. Em outras palavras, evite o horário entre 10h e 17h, quando o calor costuma ser mais forte.

- Aplique protetor solar para proteger a pele e também hidratar o corpo.

- Na hora do banho, evite a água quente, mesmo que faça frio. Dê preferência à água morna, que é menos nociva para a pele.

- Se tiver um umidificador de ar, utilize-o, mas não por períodos longos. Se não possuir um aparelho, vá no método clássico, com uma toalha molhada. Enquanto a água evapora, o ambiente fica umidificado.

- Já que o tempo está seco, que tal lavar roupas de frio e cobertores que estão guardados? Assim, você aumenta a umidade do ar e ainda aproveita para limpar peças que podem ter juntado pó e ácaros.

- Deixe a casa limpa e arejada, para evitar o acúmulo de poeira e ácaros. Da mesma forma, evite usar vassoura, já que ela espalha pó pelo local –prefira pano úmido ou aspirador.

- Por fim, fuja de lugares fechados e aglomerações, não só pelo tempo seco mas também pela transmissão de coronavírus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos