Temporal em Santa Catarina deixa mais de 50 cidades em alerta para ocorrências

temporal em Santa Catarina: ventos e chuvas já causaram estragos em diversas cidades. (Foto: Prefeitura de Porto Belo/Bombeiros de Criciúma/Divulgação)
temporal em Santa Catarina: ventos e chuvas já causaram estragos em diversas cidades. (Foto: Prefeitura de Porto Belo/Bombeiros de Criciúma/Divulgação)
  • Temporal já causou deslizamentos, alagamentos e destruição

  • Diversas rodovias de Santa Catarina foram interditadas

  • Volume de chuva nos últimos dias em algumas cidades já ultrapassa os 200 mm

Santa Catarina está sendo castigada com chuva intensa e ventania nas últimas horas. O temporal já causou deslizamentos, alagamentos e quedas de muros. Não há feridos registrados.

A situação é causada por um ciclone que passa pelo Sul do Brasil. Cidades da Grande Florianópolis, do Vale, da Serra e das regiões Norte e Sul do estado sofreram danos. Penha, no Litoral Norte, chegou a decretar situação de emergência. As informações são do portal NSC.

Diversas rodovias foram interditadas por conta das chuvas. A rodovia SC-405, em Florianópolis, ficou alagada na altura do bairro Rio Tavares. Há trechos com lentidão na Via Expressa, que é a BR-282, que liga São José à Ilha de Santa Catarina.

Segundo a Defesa Civil, há cidades que registraram mais de 200 mm de chuva em apenas três dias. Entre elas, Praia Grande, no Sul catarinense, que teve 210,8 mm de chuva. Nova Veneza e Morro da Fumaça também acumularam acima dos 200 mm.

A Defesa Civil também emitiu um alerta para rajadas de vento de mais de 90 km/h que devem atingir o Sul de Santa Catarina.

Ainda de acordo com o órgão, a chuva não deverá dar trégua nesta quarta-feira, em especial nas regiões do Planalto Norte, Litoral Norte, Baixo e Médio Vale do Itajaí e Grande Florianópolis.

Os maiores riscos de deslizamento, conforme informou a Defesa Civil, estão em Nova Veneza e Florianópolis. No entanto, mais de 50 municípios estão em alerta para ocorrências por conta do temporal.