Tenista espanhola Carla Suarez Navarro revela que imaginou ter Covid-19 antes de receber diagnóstico de câncer

Extra
·1 minuto de leitura

A tenista espanhola Carla Suarez Navarro revelou que imaginou ter sido infectada com Covid-19 ao começar a se sentir mal em meados de 2020 no que depois descobriria se tratar de um câncer. A atleta de 32 anos contou que sentiu dores de estômago e enjoos e decidiu fazer um teste para ver se tinhase contaminado com o novo coronavírus. Diante do resultado negativo, procurou um médico que então informou sobre a possibilidade de ser linfoma. De fato, Navarro foi diagnosticada com linfoma de Hodgkin, que afeta o sistema linfático, responsável por vasos e glândulas.

A declaração da tenista foi feita em entrevista à série "Players' Voice" da emissora "Eurosport" para marcar o Dia Mundial do Câncer, lembrado nesta quarta-feira, dia 4.

"Fiz um teste de PCR para verificar se tinha coronavírus, que deu negativo, então fui ao médico porque estava com dores de estômago. Continuei me sentindo mal, então fomos ver mais médicos até que um deles falou sobre a possibilidade de linfoma, mas tivemos que esperar o resultado. Eu estava fazendo exames e biópsias em todo o corpo até que finalmente me deram a má notícia. A verdade é que não sei o que pensei. Não perguntei sobre a doença, por que a tinha ou o que estava acontecendo — só queria saber o que precisava fazer para me recuperar", afirmou Navarro, que concluiu a quimioterapia em janeiro.